low res sperm whales.png

SOBRE O BLUE AZORES

BLUE AZORES

Focado na conservação e utilização sustentável do Mar dos Açores, o Programa Blue Azores contribui para a proteção, promoção e valorização dos recursos marinhos do arquipélago, criando novas vias para o desenvolvimento económico sustentável da região.

TRÊS PARCEIROS, UMA VISÃO

O Blue Azores nasce de uma parceria entre o Governo Regional dos Açores, a Fundação Oceano Azul e o Instituto Waitt, que se uniram em torno de uma visão comum - proteger, promover e valorizar o capital natural marinho dos Açores - com a ambição de garantir um oceano saudável como base de uma economia azul próspera e sustentável.

Com base em dados científicos robustos e na colaboração com diversos parceiros e entidades, o programa Blue Azores pretende criar novas avenidas para o desenvolvimento económico sustentável do arquipélago, em cooperação direta com os principais interessados no mesmo.

 

Trabalhando em estreita colaboração com as equipas científicas da Universidade dos Açores, este programa beneficia de décadas de conhecimento científico, garantindo um suporte informado naimplementação das áreas marinhas protegidas.

BA partner logos color.png
Azores_Expedition_2018_Loggerhead_edited.jpg

OBJETIVOS
DO PROGRAMA

  • Proteger 30% do Mar dos Açores através de Áreas Marinhas Protegidas, com pelo menos 15% de novas AMP totalmente protegidas, onde não é permitida extração

  • Implementar planos de gestão para as novas reservas marinhas e para as áreas marinhas protegidas já existentes

  • Implementar um plano de ordenamento do espaço marinho

  • Melhorar a gestão das pescas

Formigas_Azores_20160916_155556_edited_edited.png

PLANO DE AÇÃO

MarineProtectionCircle.png

PROTEÇÃO
MARINHA

SustainableFIsheriesCircle.png

PESCA SUSTENTÁVEL

BA Icon.png

LITERACIA
AZUL

BlueEconomyCircle.png

BIOECONOMIA AZUL

SUSTENTÁVEL

BLUE AZORES
PROGRAM OBJECTIVES

Estratégico na criação de novas oportunidades para o desenvolvimento de uma economia azul sustentável da região, o programa Blue Azores apoiará também os Açores e Portugal a atingirem os objetivos internacionais estabelecidos pela Agenda 2030 das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, a Convenção sobre Diversidade Biológica e os objetivos da União Internacional para a Conservação da Natureza.

PA - PT.png

EQUIPA LOCAL

O Blue Azores conta com o apoio operacional de equipas alargadas e especializadas da Fundação Oceano Azul e do Instituto Waitt, assim como uma equipa local em permanência, que trabalha em articulação direta com o Governo Regional dos Açores e demais instituições que intervêm neste Programa.

AN_Website.png

Andreia Nobre

Gestora do Blue Azores, a Andreia traz para a gestão deste programa uma experiência profissional de mais de 20 anos. Licenciada em Engenharia de Minas e Georrecursos e com MBA em Gestão, a Andreia já desempenhou cargos de gestão em diversos setores, em diferentes países. Desde 2019 passou a residir nos Açores.

Maria João Cruz

Gestora de Conservação do Blue Azores, a Maria João integra o Programa desde o seu lançamento, em 2019. Doutorada em Ciências do Mar, vive nos Açores há mais de 15 anos, tendo trabalhado na Universidade dos Açores, onde se dedicou ao estudo das interações entre cetáceos e a pesca.

MJC website.png
AM_website.png

Ana Monteiro

Natural da ilha das Flores, Ana junta-se ao Programa Blue Azores em 2021, como Consultora. Reconhecida pela forte intervenção cívica que tem tido, ao longo de vários anos, sobretudo na área ambiental, a Ana contribui também com a sua experiência no desenvolvimento de iniciativas de caracter social. É licenciada em Radiologia e em Estudos Europeus e Política Internacional, com Mestrado em Intervenção Sócio-Organizacional na Saúde.

Adriano Quintela

Gestor de informação do Programa Blue Azores. Adriano é licenciado em Biologia Marinha e doutorado em Geografia pela Universidade dos Açores onde viveu mais de 15 anos e esteve envolvido em projetos de planeamento costeiro e de bacias hidrográficas com o envolvimento de stakeholders. Adriano trabalhou como consultor ambiental na indústria de prospeção sísmica offshore de petróleo e gás e foi investigador na Universidade de Aveiro, onde esteve envolvido em vários projetos financiados pela UE no domínio do ordenamento do espaço marítimo desenvolvendo ferramentas para avaliar os impactos ambientais cumulativos das atividades humanas no ambiente marinho.  

Adriano Quintela.png
Three mobula rays circling.jpg